A Gizele não queria apenas uma festa de casamento com estilo glamour vintage. Ela queria contar uma  história, como em um longa metragem. Por isso, ninguém melhor do que ela mesma para cuidar desse projeto, afinal, Gizele é uma talentosa diretora de arte em cinema e publicidade. E ela levou os preparativos do seu casamento a sério mesmo, como quem cuida de um job. Foram 12 meses conceituando a decoração, concebendo a arte e a identidade visual, pensando em cada detalhe.

Nas palavras da própria noiva: “Decidi por Glamour Vintage, pois eu e o Alberto gostamos muito de tudo que se relaciona a este tema: moda, música, décor… muito elegante e romântico para um casamento. Então todo o casamento, desde a música do jantar ao convite, tinha esse clima. Depois de tudo decidido desenvolvi um concept art da decoração (referências, paleta de cor…) Madrinhas entonadas, padrinhos com terno da mesma cor e gravatas iguais. Minha entrada com um carro de época, ao som de Edit Piaff,  Hino ao amor, tocado lindamento por um quinteto de músicos. Fiz uma maquete eletrônica para ter certeza das minhas escolhas. O celebrante desenvolveu uma cerimônia emocionante, como se fosse um roteiro de um filme e contou a nossa história de amor.”
No post anterior, vocês conferiram o belíssimo look da nossa noivinha glam vintage. Agora, vejam só como ficou fantástica a decoração!

O que mais me encantou foi que a Gizele conseguiu aplicar o conceito de glamour vintage, de uma forma bastante equilibrada. Se a decoração pendesse demais para um lado, ou para o outro, poderia ficar pesada, artificial, ou até exagerada. Mas, pelo contrário, o resultado final foi bastante suave e harmonioso. Também gostei que a decoração não pareceu “importada”, sabe?  Essa décor me remeteu mais a uma Belle Époque brasileira. Muito lindo!

Mobiliário de época, cuidadosamente, garimpado. Lustres e candelabros. Plumas, cristais e pérolas. Tecidos brocados, adamascados. Paleta suave com tons neutros, pontuados com uma pitada de rosa blush, ouro e prata, pra dar aquele desejado toque de glamour e poder. Espelhos em molduras douradas, o painel escândalo em capitonê (ponto alto da décor)… Peguei amor por essa decoração!

Linda a cenografia das mesas de doces e dos bolos. Ela me remete a uma época áurea de romance e inocência…

Achei simplesmente genial essa placa com o logo do casal, sobre o painel em capitonê! E abaixo, mais fotos, recheadas de detalhes. Afinal, é de detalhes que um casamento é feito…

Gizele e Alberto, que vocês continuem vivendo esse amor de filme. E que o casamento traga para vocês novos capítulos felizes, a cada dia! Obrigada por compartilharem um pouco do seu grande dia conosco. =)

Ficha Técnica (fornecedores e profissionais de Porto Alegre, salvo quando indicado de outra forma): Projeto arquitetônico e Decoração: Gizele Muller | Vestido: La Novia – St. Patrick – São Paulo | Acessórios de cabelo: Sabrina Chapéus – São Paulo | Make: Andrea Garcia | Local: Party Room Casa de Eventos | Cerimonial: Vintage Atelier cerimonial | Celebrante: Mauricio Erhlish | Dj: Pimpo Contursi | Músicos: Cia Acustica | Rafael do Sax : projeto com Pimpo | Empório das Locações: mobiliário e tapadeiras botonês | Flores: Angélica Martins | Fotos: Marcelo Andrade | Vídeo: Guilherme Coelho