O bolo de casamento de Príncipe Harry e Meghan Markle reflete completamente o clima da cerimônia dos noivos. Mais uma quebra da tradição britânica, talvez a que causou mais polêmica, especialmente entre os cake designers.

A quebra da tradição do bolo de casamento real

O motivo principal se dá pelo fato do bolo ter sido coberto por buttercream e não por Glacê Real. É que a Inglaterra é conhecida por ser o berço da confeitaria artística no século XIX, na época da Rainha Victória. O açúcar branco refinado era um ingrediente extremamente caro. Assim, surgiu o Glacê Real, que cobria e ornamentava os bolos da realeza britânica, com lindos detalhes clássicos, delicados e precisos, confeccionados através da técnica chamada piping. Os bolos reais eram verdadeiras obras de arte em açúcar.

A disposição do bolo real

Além da tradição do Glacê Real, era costumeiro o bolo real ser em camadas, muitas camadas. Ao invés disso, o bolo de Harry e Meghan não foi apenas um, mas três bolos – um deles com duas camadas e dois bolos de camada única, posicionados em peças douradas.

A cobertura

Os três bolos foram cobertos por swiss meringue buttercream e adornados com 150 flores e pétalas naturais,  principalmente flores britânicas da estação, como peônias e rosas.

A massa e o recheio

Os noivos escolheram um bolo cítrico e fresco, bem próprio da estação, preparado pela confeiteira Claire Ptak. A massa foi leve, um sponge cake de limão e licor da flor de sabugueiro, planta predominantemente europeia, com recheio de lemon curd. Só de falar, me deu água na boca!

A receita do bolo real levou 200 limões amalfitanos, 10 garrafas de licor de sabugueiro, 500 ovos orgânicos e 20 kg de manteiga, açúcar e farinha, cada.

Minha opinião sobre o bolo real

Eu compreendo o posicionamento de alguns que não gostaram, que esperavam o bolo real clássico britânico, mas eu gostei! Gostei porque, assim como o vestido da Meghan foi minimalista, ela entrou na cerimônia desacompanhada, assim como o coral cantou “Stand by me” e o pregador foi americano, o casamento como um todo, inclusive o bolo, refletiu quem os noivos são. Não rebeldes reais que repudiam os costumes britânicos, mas jovens que valorizam ambas suas culturas e que querem representar algo novo da monarquia. Pra mim, eles são um twist da realeza britânica!

E vocês, o que acharam do bolo? Me contem?

{Fotos via Kensington Palace e Cosmopolitan}