Liz Taylor foi um verdadeiro ícone de sua época. Dona de estonteante beleza e um belo par de olhos cor de violeta, ela foi premiada três vezes com um Oscar, tendo atuado em mais de 50 filmes. Mas, se formos falar de números, provavelmente, o número que mais nos interessa aqui e que mais impressiona a quem lê sua biografia é o oito (08). Sim, porque foram 08 vezes em que a lindíssima atriz trocou juras de amor com seus 07 noivos. Foram nada menos do que 08 casórios, como vocês viram nesse post aqui da mamãe!

Elizabeth Taylor atuou em grandes clássicos do cinema, como Cleópatra e Gata em Teto de Zinco Quente. Mas, o nosso favorito é o Minha Filha Vai Casar!

Por que será? Rsrs. O filme, Father of the Bride em inglês, foi um prenúncio do que estaria por vir (os muitos casamentos de Liz).

Não acredito que até hoje não havíamos postado sobre esse filme! O.o

elizabeth-taylor father of the bride inspire-mfvc 8

elizabeth-taylor father of the bride inspire-mfvc 4 elizabeth-taylor father of the bride inspire-mfvc 6 elizabeth-taylor father of the bride inspire-mfvc 5 elizabeth-taylor father of the bride inspire-mfvc 7 elizabeth-taylor father of the bride inspire-mfvc

Duas curiosidades: o vestido de noiva de Liz Taylor no filme foi desenhado por Helen Rose, a mesma figurinista de Hollywood que fez o vestido de noiva icônico de Grace Kelly e que também confeccionou o primeiro vestido de noiva da própria Elizabeth Taylor, quando casou com Nicky Hilton.

Por falar nisso, os dois vestidos de noiva – o da vida real e o do filme – são bem semelhantes. Isso foi proposital, pois a MGM se aproveitou do (primeiro) casamento da atriz para divulgar o filme, lançando-o logo após o grande dia de Liz e Nicky.

elizabeth-taylor father of the bride inspire-mfvc 2

Um título alternativo em português para o filme é: O Pai da Noiva. Soa familiar? Sim, o filme de 1991 com Steve Martin foi um remake do original.

father of the bride inspire-mfvc 3

Assista os trailers da primeira versão e da segunda para ter um gostinho (ambos em inglês).

Vale a pena assistir os dois. Então, o que acha de aproveitar o domingo para fazer essa maratona?

{Fotos via Flick Facts, Lea Ann Belter, Film Fanatic, Silver Screen Modes, Glamour Magazine, Roger Ebert}