Você já ouviu falar em ensaio boudoir para noivas? Não? Então, deixa eu explicar direitinho para você …

No século passado, boudoir (pronuncia-se budoar) – palavra de origem francesa – designava um quarto íntimo e exclusivo da mulher, onde ela fazia a sua toillete, mudava de roupa e trocava confidências. Por isso, a grande aura de mistério envolvendo o local. Mais recentemente, entretanto, a moda lançou mão deste mesmo vocábulo para designar o uso de peças de lingerie à mostra no guarda-roupa feminino. O ensaio boudoir para noivas, geralmente feito para presentear o noivo em uma data especial, manteve um pouco dessas características e faz uso também de transparências, rendas e fitas das peças de lingerie. O tom das fotos é de charme e sensualidade sutil, sem vulgaridade, enfatizando a beleza natural da mulher e captando todas as emoções do momento. Com inspiração nos modelos pin-ups do começo do século, tem estilo glamouroso e vintage.

As fotos podem ser feitas no próprio dia do casamento, durante o making of, ou em outro local e data pré-definidos pela noiva. O clima do ensaio pode ter um cunho mais brincalhão, sensual ou glamouroso, dependendo do nível de produção do cenário, das roupas e acessórios, além da descontração e personalidade da nubente.

Depois de pronto, o ensaio boudoir vira um álbum que pode ser dado de presente para o marido na própria noite de núpcias, na lua de mel ou em outra data especial a ser comemorada a dois. A ideia é que as fotos sejam vistas exclusivamente por ele (“Somente para os seus Olhos” / “For Your Eyes Only“), mas há noivas mais ousadas e desinibidas que estendem este privilégio para outras pessoas (vide a internet). :0)

Aqui no Brasil, alguns fotógrafos de casamento aderiram a esta nova tendência europeia e americana e já estão fazendo este tipo de ensaio. E você, o que achou da novidade? Ficou animada para surpreender o seu parceiro?

Ideias 1, 2 e 3 de lingerie para o ensaio.

{Fotos: Beatrice de Guigne, Cvirn Photography e Rf Fotoarte}